Aluizio Blasi: a vida pela educação e pela justiça

Frete Grátis
Código: 6MZ9YXT3C Marca:
R$ 50,00
até 3x de R$ 16,66 sem juros
Comprar Estoque: Disponível
    • 1x de R$ 50,00 sem juros
    • 2x de R$ 25,00 sem juros
    • 3x de R$ 16,66 sem juros
    • 1x de R$ 50,00 sem juros
    • 2x de R$ 26,00
    • 3x de R$ 17,68
  • R$ 50,00 Mercado Pago
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.
Título: Aluizio Blasi: a vida pela educação e pela justiça
Autor: Moacir Pereira
Editora: Dois Por Quatro
Número de páginas: 184
Formato: 16 x 23 cm
Ano de publicação: 2018
ISBN 978-85-69609-25-4
 
------------------------------------------
 

PREFÁCIO

 

Lições imortais

 

Professor Ernani Bayer

Ex-reitor da UFSC

 

A simplicidade e a capacidade de nutrir, com fundamentos, a

argumentação são características da formação ética de um

cidadão, cujo legado acaba se tornando em especiais lições às

novas gerações. Este perfil é de um companheiro e brilhante

profissional, em que me espelhei ao longo da minha formação acadêmica,

bem como no exercício do mandato de reitor da UFSC.

 

Com bons princípios e valores que nortearam a sua vida, o professor

Aluizio Blasi nunca se curvou diante de obstáculos. Com tenacidade e

destemor, ajudou a remover empecilhos que dificultavam a implantação

da Universidade Federal de Santa Catarina em Florianópolis, num

duelo em que não faltaram interesses e outras forças políticas.

A pedido do então diretor da Faculdade de Direito, professor João

David Ferreira Lima, Blasi liderou o movimento em defesa da criação da

UFSC, acompanhando a tramitação do projeto no Congresso Nacional,

onde mobilizou a bancada catarinense, liderada pelo deputado Osmar

Cunha. O principal entrave foi imposto pela bancada federal do Rio Grande

do Norte, que exigiu uma emenda que facilitasse a construção de uma

universidade federal também em seu estado. Blasi consignou a união política

dos dois estados, tornando exequível a criação das duas universidades.

Há mais de meio século, os catarinenses viam concretizar o sonho.

O velho e surrado exercício da política partidária refletia o peso de cada

estado no palco das decisões no Distrito Federal. Não era diferente nos

estados, onde a força das legendas partidárias – PSD e UDN – impunha

interesses secundários. Um exemplo foi a escolha da sede da UFSC – centro

da cidade ou bairro Trindade, onde funcionava a Fazenda Assis Brasil,

modelo nacional em criação do gado Jersey –, que acabou se tornando uma

contenda política. Contudo, o parecer do relator do processo no Conselho

Universitário, professor João Batista Bonnassis, fez prevalecer o consenso,

implantando a UFSC na Trindade, em 12 de março de 1962.

 

Tive o privilégio de estar ao lado do professor Blasi, na qualidade de

presidente do Caxif – Centro Acadêmico XI de Fevereiro –, no curso de

Direito, acompanhando todo o processo da nossa universidade. Com

espírito de unidade, o professor Ferreira Lima montou a primeira equipe

para dirigir a UFSC, cercando-se de jovens talentosos, liderados por

Aluizio Blasi. É oportuno ressaltar a convivência democrática dentro

da nova universidade, em que os dirigentes não hesitaram em trabalhar

o respeito e a ética, independentemente das correntes ideológicas e partidárias.

O Brasil enfrentava uma situação gravíssima, tanto econômica

quanto, principalmente, política, considerando que, dois anos depois,

instalava-se o regime militar.

 

O conceito de universidade, como cenário de discussão e convívio

democrático, o “encontro dos desencontros”, norteou a UFSC ao longo

da sua existência. O professor Aluizio Blasi atuou como um dos importantes

percursores, ensejando à UFSC a liberdade de expressão e

de constante aprimoramento acadêmico, principalmente nas áreas da

pesquisa e extensão.

 

O doutor Aluizio Blasi foi um exemplo de profissional que nos ensinou

a enfrentar desafios e missões com o mesmo entusiasmo e sabedoria

que nos movem no dia a dia de nossas vidas. Ele sempre se

pautou na obediência às leis, mas sabia, como um inigualável jurista

circunspecto e talentoso, interpretar fatos e possibilidades, construindo

soluções, com a humildade de saber ouvir e discutir.

 

Cabe aqui uma referência ao excelente trabalho de pesquisa realizado

pelo jornalista Moacir Pereira, recuperando grande parte do que foi

vivido pelo doutor Aluizio Blasi e agora oferecido aos leitores com uma

visão de muitos fatos ainda não editados. É importante ressaltar o grande

valor da contribuição do autor, revelando episódios históricos pouco conhecidos.

O falecimento de Aluizio Blasi deixa um vazio na história da educação

brasileira e nos ensinamentos jurídicos, mas suas lições permanecem imortais.

 

 

 

Sumário

 

 

 

Prefácio: ex-reitor Ernani Bayer

Introdução

A formação

A federalização da Faculdade de Direito

A criação da Universidade Federal de Santa Catarina

Entrevista

O advogado

O magistrado

Pesquisador do IHGS

Centenário do fundador

Henrique Rupp Junior: fundador de O Estado

Bodas de Diamante

O falecimento

Testemunhos

Linha do tempo

Reflexões de um vencedor

 

 
 
 
 
 
 

Produtos relacionados

R$ 50,00
até 3x de R$ 16,66 sem juros
Comprar Estoque: Disponível
Sobre a loja

É com o espírito livre que se apresenta esta nova editora catarinense. Os pés nas raízes brasileiras, mas olhando globalmente, para além das fronteiras, com curiosidade, atenção e abertura a todos os estilos literários. Traz em seu quadro profissionais com larga experiência no mercado editorial. Publique seu livro com a Dois Por Quatro Editora. Estamos à sua disposição!

Pague com
  • Bcash
  • PayPal
  • Mercado Pago
  • PagSeguro
Selos
  • Site Seguro

MARIA CECILIA PILATI DE CARVALHO FRITSCHE 03093423929 - CNPJ: 19.983.050/0001-64 © Todos os direitos reservados. 2019